Prevenção do Câncer de Mama – Outubro Rosa

Prevenção do Câncer de Mama com Dra. Flávia Henriques PREVENIR É SEMPRE MELHOR ! Outubro Rosa Nossa consultora do quadro Saúde da Mulher, a Ginecologista Dra. Flavia Henriques fala sobre a prevenção do Câncer de mama O câncer de mama é o que mais acomete mulheres em todo o mundo. No Brasil, é o segundo mais frequente, depois do câncer de pele. O INCA ( Instituto Nacional do Câncer) estima que sejam diagnosticados 59.700 novos casos de câncer de mama no nosso país, no ano de 2019. A mortalidade por este tipo de câncer continua muito elevada no Brasil , provavelmente porque o diagnóstico é feito tardiamente, em estágios mais avançados. Os sinais e sintomas do câncer, em geral, aparecem tardiamente. Por isso, é muito importante que a mulher conheça suas mamas e saiba reconhecer qualquer alteração para poder alertar o médico. O risco aumenta em mulheres acima de 40 anos, abaixo dessa idade é bem mais raro. Mulheres que tem vários casos de cânceres de mama na família e/ou casos de câncer de ovário, parecem ter uma predisposição genética, tendo um risco maior. A mamografia é o único exame capaz de diagnosticar precocemente o câncer de mama. Pode detectar pequenos nódulos não palpáveis e microcalcificações suspeitas, que passam desapercebidas no exame de toque. A recomendação da Sociedade Brasileira de Mastologia ( SBM) e da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia ( FEBRASGO) é que mulheres a partir de 40 anos façam mamografia anualmente, até 74 anos. Ou antes dessa idade, dependendo do seu histórico familiar. Quanto mais precoce o diagnóstico, maior a chance de cura e sobrevida.

Deixe seu comentário